Ta aí uma coisa que me incomoda mais do que gorduras localizadas, a celulite. Que uma alimentação balanceada e a prática de esportes facilita na prevenção e tratamento da celulite vocês estão carecas de saber, não é? O que muita gente não sabe é que “só” isso, apesar de ajudar muito, não é suficiente. O ideal é fazer toda semana uma drenagem linfática para varrermos essas toxinas do nosso corpo. O processo consiste em uma massagem que leva as toxinas e líquidos retidos para as linfas, para serem eliminados pelo xixi, fazendo uma “faxina” no corpo e o deixando pronto pro verão. A parte chata é que nem sempre temos tempo (ou dinheiro, já que em uma clínica cada sessão custa, geralmente, mais de 50 reais) pra fazer isso toda semana (ideal mesmo seria de 2 a 3 vezes na semana). Legal mesmo seria unir a drenagem com uma massagem modeladora. Mais legal ainda seria fazer isso sozinha em casa. Então, vamos aprender? É super fácil e não toma mais de 15 minutinhos do seu dia. O resultado vale muito a pena! Confere aí alguns vídeos que separei.

Eu estou fazendo no banho com um hidratante (de banho, com óleo de Argan) de O Boticário. Eu sei que não é a coisa mais ecológica do mundo, mas é ideal para quem tem banheira (daí não desperdiçamos tanta água). Ou podemos fazer logo que saímos do banho, assim a pele já tá quentinha, limpa e relaxada, pronta pra receber massagem e absorver o produto. O ideal é utilizar um creme firmador ou anti celulite – de preferência que contenha cafeína, cacau ou guaraná (que estimulam a oxigenação das células). É importante lembrar que só os cremes sozinhos não tem efeito algum – até hoje ainda não foi inventado esse milagre, quem sabe um dia? Oremos!

Antes da massagem, estimule os pontos linfáticos: pescoço, axilas, virilha, atrás dos joelhos e embaixo dos pés. É só fazer uma massagem com intensidade média nesses pontos, pode ser em “forma de ondinha”. Depois disso, arraste as mãos em direção a esses pontos (sempre pra cima), como se você estivesse arrastando a celulite e a gordura localizada. Ali nos vídeos dá pra ver os movimentos pra copiar. A drenagem linfática é leve e sutil, não sentimos nada de dor e é super relaxante. Já a modeladora é mais forte e podemos sentir um pouco de sensibilidade, dependendo do quão fresca formos hehehehe. Eu gosto de intercalar movimentos mais suaves e direcionados para as linfas (drenagem) com uns mais powers para dissolver a gordura localizada. Tô a uma semana fazendo todos os dias e estou notando resultado bem positivo! Claro que também estou tentando cuidar a alimentação e indo pra academia no mínimo 3x por semana (sim, tô me puxando hehehe). Acho interessante porque se criarmos esse hábito podemos fazer a vida toda, junto com o ritual de passar hidratante. Claro que fazer em uma clínica, com um profissional especializado e que estudou pra isso, tem o seu valor. Vale ressaltar também que se você precisar da drenagem como tratamento de saúde ou pré/pós operatório, ou estiver grávida ou com problemas de saúde, não faça sozinha. Essas dicas de auto massagem são somente para fins estéticos e relaxantes, ou para complementar o tratamento com algum profissional. E aí? Quem também é adepta a auto massagem?

Post Anterior

Brilhosos!

Próximo post

Inspiração: make para o verão

A Autora

Ivana Rebeschini

Ivana Rebeschini

Gaúcha, criadora do Verdade Feminina, publicitária, nascida em Porto Alegre, 28 anos e mãe da Demi (uma linda bulldog francês). Apaixonada assumida pelo mundo da moda e da beleza.