Tenha sempre algo que você possa chamar de seu. Seja importante para alguém antes que ela seja importante para outra pessoa. Um novo amor, um velho sentimento, um cão, um amigo, um sapato. Tudo sempre esteve ali. Pare de procurar a felicidade tão longe.

Porque toda mulher tem o direito de amar sem esperar por nada em troca.

Post Anterior

Delírios de Consumo

Próximo post

Brilhando muito

A Autora

Ivana Rebeschini

Ivana Rebeschini

Gaúcha, criadora do Verdade Feminina, publicitária, nascida em Porto Alegre, 28 anos e mãe da Demi (uma linda bulldog francês). Apaixonada assumida pelo mundo da moda e da beleza.