Uma das queixas que mais ouço de amigas e meninas em geral sobre caras, é sobre como eles são babacas, sobre o quanto elas só atraem caras que não prestam, etc. Vamos começar derrubando o primeiro mito: É raro um cara ser babaca com absolutamente todas as mulheres, isso quase nunca acontece. O mais comum é que o mesmo cara trate meninas diferentes de maneiras diferentes. Ou seja, o príncipe de uma é o sapo de outra e isso tem uma explicação. Todas que estão lendo devem ter aquela amiga cuja vida amorosa é mega simplificada, sem dramas, ela simplesmente conhece caras legais, namora ou não com eles, mas de qualquer forma eles nunca tentam enrolar e a coisa toda nunca gera grande stress ou mágoa, simplesmente se encaminha naturalmente, sem trauma. Essa amiga privilegiada tem o dom especial de só atrair os caras certos, ou no mínimo, caras “não babacas”? Com certeza, não! A diferença não está em como ela ou outras mulheres com o mesmo tipo de vida amorosa atraem caras e sim como elas agem com eles, desde o início.

A verdade é essa: Caras só são babacas com as mulheres enquanto ser babaca dá certo. Provavelmente muitos até tentam ser idiotas com essa sua amiga que nunca se dá mal, mas daí o relacionamento dela com eles dura 5 minutos e ela nem se dá ao trabalho de contar pra amigas como você. Para não ter que estar sempre lidando com homens babacas, não permita que eles sejam babacas. É simples: Não crie o monstro! Ficou sabendo que o cara deu em cima da sua amiga? Block e tchau! O cidadão disse que ia jogar bola com os amigos e saiu na foto da balada mamando em um barril de chopp? Block e tchau! O sujeito falou que ia levar a avó no bingo beneficente e foi visto desfilando com uma loira duvidosa? Block e tchau! “Ah mas daí eu vou perder o cara, ele é lindo e bla bla bla” Sim, talvez, e daí? Qual a vantagem de manter um babaca por perto? Dar em cima da amiga e mentir usando o álibi da avó não é crime, mas são indicativos mais do que suficientes de que isso não vai render. Se o alerta anti-babaca disparou, confie nele. Do contrário, daqui a seis meses esse mesmo cara continuará te magoando e além de tudo ocupando o lugar que poderia ser de um cara legal na sua vida e a tendência é que ainda esteja repetindo exatamente as mesmas babaquices, ou piores. Já que desde o início ele foi babaca com você e isso foi dando certo, porque ele haveria de mudar? Não se iluda. Se coloque no lugar dele e veja como fica fácil concluir que isso não acontece. O que começa errado, tende fortemente a terminar errado. Quanto mais tempo se passar, laços vão se criando, você vai se apegando e tudo se tornando mais difícil.

Desde o começo, não tolere o intolerável, não faça concessões que firam seus princípios e não se permita magoar por um sujeito que até um mês atrás nem pertencia ao seu mundo. Lembre-se: É só um cara e pra um cara pertencer a sua vida, terá que deixar o lado babaca de fora do pacote. Se ele for embora? Que vá! Outros melhores virão. Agindo assim, naturalmente você vai atrair caras legais. Afinal, que tipo de mulher os homens legais procuram? As que se valorizam ou as que se permitem enrolar por qualquer um? A resposta é óbvia. Então, esteja no primeiro time. Não espere que os caras mudem de postura em relação a você e nem a varinha mágica que te fará só atrair príncipes, ela não virá. Mude você de postura e os babacas vão sumir.

Texto por Caras Assim, conheça o blog dele!

Post Anterior

O que usar no MECA?

Próximo post

Namorado: repaginando o visual deles

A Autora

Ivana Rebeschini

Ivana Rebeschini

Gaúcha, criadora do Verdade Feminina, publicitária, nascida em Porto Alegre, 28 anos e mãe da Demi (uma linda bulldog francês). Apaixonada assumida pelo mundo da moda e da beleza.