Eu não sei o que é, de fato, o amor, disse baixinho. Uma frase curta e simples se propôs a causar uma catástrofe em mim. Depois de muito pensar, eu não sei definir o que é. Quando digo “eu te amo”, me refiro a quê? Para mim, amor é assistir a um pôr-do-sol em boa companhia, sentir a chuva caindo de mansinho, ser feliz com alguém ou sozinho. É ter aquele abraço que chega sem que seja preciso pedir e, em meio ao silêncio, diz mais que todos os meus textos reunidos em uma folha qualquer.

Eu me lembro quando disse que amava alguém pela primeira vez. A gente estava em um carro e em meio a uma conversa qualquer eu soltei: “eu te amo”. Acho que nunca assustei tanto um cara em toda minha vida. Ele foi educado o bastante para dizer que amor era uma palavra forte demais. Coisa que só fui entender um bom tempo depois. Acontece que hoje é normal amar. Você ama tanto quanto odeia e são raros os relacionamentos que prezam por carinho e não declarações virtuais. O amor é muito mais que isso, entende? Talvez leve tempo para que você veja isso, assim como aconteceu comigo. Mas esse dia ainda chega.

Quando o amor de verdade chegar, você vai saber que é ele. Vai se sentir livre e presa ao mesmo tempo. Vai andar nas nuvens. Já se sentiu infinita? É o que acontece quando ele aparece. Eu não sei o que é o amor, talvez seja verdade. Mas sinto que amo muitas coisas. Amo receber aquela sms que chega de surpresa no meio do dia. Amo beijo roubado enquanto estou andando na chuva. Amo sentir uma paz profunda mesmo que esteja em total agitação. Amo o cheiro que fica na minha roupa depois de um abraço apertado. Amo ouvir uma música, que apesar de triste, é linda e me faz chorar de felicidade. Eu não sei nada de amor, só sei que amo. E saber lidar com o amor é uma arte. Ele é tão contraditório que me joga em certos abismos e me salva todos os dias.

amor image

Texto por Raiane Ribeiro, conheça o blog dela!

Post Anterior

Como usar: boné

Próximo post

Orlando: Magic Kingdom

A Autora

Ivana Rebeschini

Ivana Rebeschini

Gaúcha, criadora do Verdade Feminina, publicitária, nascida em Porto Alegre, 28 anos e mãe da Demi (uma linda bulldog francês). Apaixonada assumida pelo mundo da moda e da beleza.